quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Islandeses mais devastados com golo de Postiga que derrota da Selecção

Portugal continuou na senda de vitórias, iniciada no consuado de Paulo Bento à frente da Selecção contra a Dinamarca, agora contra a Islândia, e deixou de rastos um país que, à semelhança de Portugal se debate com problemas financeiros graves e agora também com um de auto-estima severo, devido ao golo de Postiga.

Portugal entra nos eixos na qualificação para o Euro 2012

Hélder Postiga marcou na passada terça-feira o golo com que Portugal selou a vitória sobre a Islândia, na fase de apuramento para o Euro 2012, com Paulo Bento 100% vitorioso até ao momento, 2 vitórias em 2 jogos, contrastando com o que era o legado de Carlos Queirós e Agostinho Oliveira, ex-seleccionador e seu adjunto, que liderou a equipa nos dois primeiros jogos da fase de qualificação, com um empate e uma derrota, e deixou, portanto, depois dos golos de Cristiano Ronaldo, de livre directo, e de Raúl Meireles, com uma «bomba» de fora da área, completamente de rastos emocionalmente a nórdica selecção islandesa. A juntar-se aos problemas sociais económicos, à semelhança de Portugal, a Islândia bate-se agora com a humilhação de sofrer um golo de Hélder Postiga, que não marca golos a praticamente ninguém.

Festejos com Postiga no golo da confirmação da vitória
Postiga, avançado do Sporting, marcou golo na Selecção

Há a ressalvar, no entanto, que a selecção islandesa é constituida, também, por alguns amadores, como o próprio seleccionador, que é carpinteiro quando não lidera a equipa nacional, o que acaba por ser, de certa forma paliativo, neste momento de grande dificuldade social, económica e emocional daquele país que, como foi relatado no passado recente, tem também vulcões activos, como o próprio Queirós havia já previsto virem a entrar em erupção, próximo do anterior campeonato do mundo, na África do Sul, neste verão de 2010, que já passou.

Vulcão glaciar Eyjafjllajokull na Islândia

A Bimbosfera deixa um voto de recuperação rápida da auto-estima dos simpáticos islandeses, bem como de recuperação económica, e Hélder Postiga que marque com mais frequência, por forma a evitar mais situações destas no futuro, para o bem dele, da nossa selecção, e poder evitar, quem sabe, algum conflito internacional devido ao facto de marcar golos assim a uma selecção nacional.

Bimbosfera

6 comentários:

Jotas disse...

De facto, sofrer um golo do Postiga, é algo que deita abaixo qualquer equipa.

Bimbosfera disse...

Olá Jotas, as minhas desculpas se pareci um pouco mal educado, vá, bruto, na resposta que dei sobre a ida dos adeptos fora, no Em defesa do Glorioso, na Gloriosasfera. É que custa-me mesmo ver divisão onde acho que é perfeitamente lícito não haver, sequer, questionamento a tal medida. Parece-me que é o pessoal apenas e só a pensar no seu umbigo, egoísmo, e não de uma forma em prol do clube. Bom, mas isso são outras histórias, não tem a ver com isto.

Sobre o Postiga... Creio que há 3 equipas, no total, até ao momento, completamente de rastos moralmente, por terem sofrido golos seus, eheheh.

Abraço

Márcio Guerra

sloml disse...

Ahahahah realmente não é muito abonatório, mas o rapaz agora parece que se lembrou como se molha a sopa novamente...

Bimbosfera disse...

Pois parece que sim, já são 3 as vítimas este ano, não é?

Abraço

Márcio Guerra

Manuel Oliveira disse...

De moribundo a desejado!
O Sporting já pensava despachá-lo e agora quer que ele renove, eheheheh.

Abraço.

Bimbosfera disse...

Vá se lá entender o Sporting... Ehehehe!

Abraço

Márcio Guerra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...